IMPROVISANDO NA ESCALA DE BLUES

IMPROVISE VOCÊ TAMBÉM

Você já conhece a escala de blues? Saber como toca-la? E melhor ainda sabe improvisar em cima dela? Nesse artigo eu quero compartilhar com você, como você pode fazer isso sem dor de cabeça. Quando comecei a tocar teclado sempre quis aprender a tocar esse estilo, queria saber que nota eles tocavam, que acordes eles tocavam e como era o ritmo de blues. Quando eu via aqueles pianistas tocando nos filmes, eu ficava eufórico para tocar aquela escala no teclado. Até que depois de tanto ouvir eu aprendi, e fiz esse vídeo  para mostra e explicar para você como é essa escala.



CONHECENDO A ESCALA DE BLUES


Improviso na escala de blues

Como você viu no vídeo eu  improvisei  só usando a escala não usei  acorde foi, somente para explicar a escala de blues. Então vamos ao que interessa, a escala de blues tem a seguinte formação.
  • Terça menor
  • Tom
  • Semi-tom
  • Semi-tom
  • Terça menor
  • Tom
Para você entender melhor a formação você precisa estudar os intervalos e saber o que é tom e semi tom, isso eu já expliquei em diversas postagens aqui no blog. Eu fiz esse improviso no tom de mas você pode transpor para qualquer tom, também fiz alguns artigos dobre isso é só da uma pesquisada no blog. No tom de as notas que usei foram as seguintes; C, Eb,F,F#,G,Bb,C  essa e a escala de blues no tom de dó.

CONCLUSÃO


Espero ter ajudado com este artigo e que você tenha ampliado o seu conhecimento com essa dica, até a próxima aula. 
CONTINUE LENDO..

3 TIPOS DE MÚSICO QUE NUNCA IRÃO CRESCER

Olá, hoje quero compartilhar com você uma coisa que tenho observado durante a minha vida como músico, quero falar de três tipos de músicos que nunca irão crescer como músicos ou até mesmo como pessoa. Ele ou ela pode ter talento para música mas se elas cultivarem dentro de si essas três coisas não adianta o talento. Por que o seu talento será bloqueado por esses três coisas, você deve conhecer alguém que tem um  talento para alguma coisa mas essa pessoa não consegui crescer de jeito nenhum! Espero que você não seja um desses três tipos de músicos, por que isso vai prejudicar a sua carreira. E nesse artigo você vai entender o  por quer esses músicos não crescem e nem deixa os outros ao redores crescerem e por que eu me afastei deles.

QUE TIPO DE MÚSICO VOCÊ QUER SER?


musico mirim

Essa é uma pergunta que sempre me fiz, que tipo de músico eu quero ser? Quero ser um músico fracassado ou vitorioso! Quando falo de músico vitorioso, eu falo daqueles músicos que conseguiram alcançar os seus objetivos.  Aqueles músicos que não precisam trabalhar em outra profissão para sobreviver, aquele que conseguiu crescer musicalmente mesmo não sendo famoso. 

Quando falo de músico fracassado estou falando daquele músico que não consegui crescer, esta sempre na mesma, aquele que não sabe o que quer da vida. Se você tem o sonho de ser um músico famoso ou de crescer musicalmente, você deve evitar  se tornar um desses três tipos de músicos que veremos agora. 


1- MÚSICO PREGUIÇOSO 


Por que você deve evitar se tornar um músico preguiçoso? O músico preguiçoso não estuda, sempre se esconde atrás de outros músicos, não agi fica sempre  esperando que outros facilite para ele, não busca conhecimento e sinceramente não faz nada para crescer.

Se você não tem essas características dê graças a Deus, pois você esta em um bom caminha. A preguiça nos leva a um estado de acomodação, vou dar um exemplo de como podemos identificar se estamos nos tornando um músico preguiçoso. Quando você começa a achar os exercícios musicais chatos, quando você fica uma semana sem tocar o instrumento e muitas outras coisas são indicio de que você se tornou um músico preguiçoso.

2-MÚSICO TRAPACEIRO


Esse cruz credo! Pra mim é o pior de todos por ser, enganador, falso, mentiroso etc... Esse é um músico de péssima qualidade, você nunca pode contar com ele pois ele sempre arruma um jeito de te passar a perna. Vou contar aqui um caso que aconteceu comigo que ilustra bem esse tipo de músico, uma amiga veio até mim dizendo que precisava de uma banda para tocar em um evento no carnaval. Estava eu e mais um amigo na hora, já que esse meu amigo estava junto, eu aproveitei para chama-lo pois ele é um ótimo percussionista. Pegamos o telefone dela que contato e fomos a procura de músicos para completar a banda, já que eu não tinha uma banda formada.

Como eu já trabalhava e vivia em um ambiente cheio de músicos, fui conversar com alguns para fazerem parte. Conversei com um cavaquinista e violonista que já era bem conhecido na noite na minha cidade e acabei passando o contato do contratante para ele,  ai foi meu erro! Ele combinou tudo com a pessoa por conta própria e arrumou uma nova banda para tocar no nosso lugar, deixando eu e meu amigo para trás e assim ele ganhando um cache alto pagando pouco aos músicos free lance.  É muito difícil identificar um músico assim, por que ele parece ser seu amigo, parece se confiança e sempre te apunhalando pelas costas.

3- MÚSICO INVEJOSO


banda escocesa

Esse por mais que você corra, evite sempre vai existir durante a sua vida musical. Sempre vai existir um músico com inveja de você, seja por você tocar melhor que ele, seja por ser mais bonito ou bonita que ele(a) já fique ciente disso. Esse tipo de músico irá fazer de tudo para te prejudicar e impedir o seu crescimento.

E como identificar um músico assim? Vamos as características dele;

  •  Ele fala mal de você para os outros 
  • Ele compra todo equipamento igual ao seu, desde instrumento até roupas pois ele queria ser igual a você.
OBS: Não confunda o músico invejoso com seu fã, o músico invejoso não suporta estar perto de você, seu fã já faria tudo para estar perto de você.

Essas são algumas características de um músico invejoso ao meu ver existe muitas outras, por isso faça o seu trabalho a sua música e não esquenta a cabeça com aqueles que falam mal de você pois você já sabe o que é, pura inveja.

CONCLUSÃO

Você sabendo lidar com esses três tipos de músicos, sua carreira musical vai ser mais agradável e promissora. Por que você já sabe que evitando ser um desses três tipos de músicos você ira crescer mais rápido, depois e só adquirir conhecimento e aproveitar as oportunidades que aparecerem. Aqui na musicalleizer você irá adquirir o conhecimento que precisa para crescer como músico,  tudo depende de você, não fique ai acomodado e tome atitude para mudar se você se encontra entre esses três músicos forte abraço.


CONTINUE LENDO..

3 DIFICULDADES QUE VOCÊ PODERÁ TER TOCANDO CONTRA BAIXO

Hoje quero compartilhar com você  uma das minhas paixões, como você sabe eu sou tecladista e pianista. Eu adoro o som de um piano bem tocado, e me encanto com os timbres de teclado que produz um efeito maravilhoso na música. Mas também fico embabacado com a sonoridade de um baixo, como eu disse que ia compartilhar uma de minhas paixões, e o contra baixo é uma delas. Eu sempre gostei daquele som grave que me guiava pela harmonia, mas eu não sabia que instrumento produzia aquele som, eu achava que era o teclado. Depois que passei a assistir vídeo clip na MTV na época eu tinha 16 anos, nessa época que passei a conhecer o contra baixo. Nunca tinha visto um de perto, mas toda vez que ouvia na música já conseguia identifica-lo.  Ai tempo vai e tempo vem comecei a tocar na noite e conheci diversos baixistas e até tocar com eles, mas nada de tocar ou aprender a tocar contra baixo.

MINHA PRIMEIRA VEZ TOCANDO CONTRA BAIXO


Quando passei a fazer parte de um projeto de música, meu primeiro interesse era em aprender a tocar piano. E foi o que eu fiz, aprendi piano e logo aprendi a fazer algumas linhas de baixo no piano que também tem um grave maravilhoso. Ali naquele meio tinha um baixista que me incentivou mais ainda a tocar um contra baixo, como eu fazia parte de uma orquestra eu tinha que escolher outro instrumento que eu pudesse acompanhar a orquestra. Adivinha qual foi a minha primeira opção? Como eu já sabia ler clave de Fá por causa do piano, escolhi o contrabaixo. Tive uma surpresa quando vi o instrumento, o contrabaixo era enorme não era igual ao que eu estava acostumado a ver quando eu tocava na noite.

Eu não conhecia o contrabaixo acústico só conheci o elétrico, por isso fiquei espantado com aquele instrumento enorme. quando peguei aquele instrumento nas mãos, fiquei imaginando como vou tocar um baixo desse tamanho kkkk.  O tempo passou e fiz um mês de aula de contra baixo, mas não pude prosseguir por que não tinha como eu levar um instrumento desse para casa para estudar e não estava conseguindo estudar cinco instrumento.

AS DIFICULDADES QUE ENCONTREI NO BAIXO ACÚSTICO

baixo elétrico

Como eu não fiquei muito tempo estudando o contra baixo não posso falar muito de dificuldades especificas, só posso falar das que tive nesse tempo que estudei. Por isso vou falar das três que me deram dor de cabeça, para supera-las. 

1-Digitação - a digitação foi uma das maiores dificuldades que tive pela distância entre as cordas serem muito espaçosa.

2-Leitura - Não conseguia ler a partitura  e tocar ao mesmo tempo sem olhar para o instrumento.

3-Resistência - Outra coisa que me importunou muito foi a falta de resistência para tocar, eu percebi que esse instrumento exige muita resistência. Como não tinha banquinho para todo mundo, muitos ficavam em pé por muito tempo. O pé doía muito, o cansaço era imenso por isso tem que ter resistência.

Essas foram as dificuldades que enfrentei durante o período que fiz aulas, se você faz aula de contra baixo acústico e esta passando por essas dificuldades recomendo conversar com o seu professor para resolver este problema, não fique quieto esperando que ele descubra pois isso vai ajudar no seu desenvolvimento com o instrumento. Quero deixar claro que encontrei essas dificuldades no contra baixo acústico não no elétrico.


 MINHA EXPERIÊNCIA COM CONTRA-BAIXO ELÉTRICO

Baixo elétrico1


Já no baixo elétrico eu não tive essa dificuldade, experimentei tocar um contra baixo elétrico de um amigo percebi uma diferença enorme. Toda aquela dificuldade que  tive no acústico havia sumido no elétrico, minha digitação das notas estavam prefeitas, minha leitura estava melhor e não precisei de tanta resistência como no acústico. Logo abaixo vou citar algumas coisas que percebi que melhorou nessa experiência que fiz.

  • Não sei se o traste no contra baixo elétrico facilitou a minha digitação, fazendo com que eu melhore.  
  • Não sei se a posição e a forma de tocar o baixo elétrico melhorou a minha leitura ou o contato com baixo acústico antes facilitou, me dando segurança com instrumento e melhorando a minha leitura. Por que assim não ficava preocupado com as notas do baixo.
  • O fato de poder sentar com baixo elétrico melhorou 100% a minha resistência. 


CONCLUSÃO


Bom espero que essa minha experiência possa ajudar a você que estuda ou tem aulas de contra baixo, não sou baixista mas tive uma rápida experiencia com os dois instrumentos. Apenas estou passando aquelo que vivi com o baixo acústico e o elétrico e resumi apontando quais foram as minhas dificuldades com o instrumento. Deixe seu comentário se você também teve essas dificuldades ou quer dar a sua opinião, forte abraço até o próximo artigo. 
CONTINUE LENDO..

Será que você estuda música corretamente?

NÃO SEI COMO ESTUDAR PARA MELHORAR


Se você já tentou estudar um instrumento musical e não conseguiu! Esse artigo é pra você. Chega de ficar tentando tocar um violão sem resultado, passar horas estudando teclado e não conseguir aprender. Quero te ajudar a estudar de maneira que dê resultado, que você consiga realmente aprender o que estuda.

Mesmo se você for daqueles que vive sem tempo, por que tem seus compromissos. Irei mostrar como você pode superar isso, e aprender a organizar o seu tempo e suas tarefas para que o seu estudo seja mais produtivo.

Se você já sabe como estudar mais não tem animo para começar, você pode está se perguntando. Por que eu devo ler esse artigo, se eu já sei como estudar? Eu te digo o porquê, nesse artigo você não vai encontrar só conteúdo para te ensinar a organizar seus estudos. Você também vai encontrar dicas que te ajude a crescer como músico. Antes de começarmos, quero que você saiba que eu também passei por muita dificuldade para aprender organizar meus estudos musicais. Também quero mostrar a diferença que isso fez na minha vida, descobri o porquê que eu sempre continuava na mesma.

O QUE VOCÊ DEVE EVITAR NO SEU ESTUDO MUSICAL


Menino no piano

Quando comecei, o meu estudo musical era uma bagunça só. Eu estudava de qualquer maneira, não tinha tempo, não tinha hora, não tinha dia e muito menos conteúdo organizado. Tinha dias que eu estudava horas sem obter nenhum resultado positivo, e tinha dias que eu estudava pouco e o resultado era bem melhor. Em outras semanas estudava muito e tinha ótimos resultados e as vezes estudava pouco e não via nenhum resultado, se você percebeu não era a quantidade de horas que me trazia resultados positivos, mas sim a qualidade do estudo. Então podemos concluir que saber estudar é essencial para o nosso crescimento como músico, por isso quero dar algumas dicas do que você pode evitar para que seus estudos tenha resultados positivos.


  • Evite ficar sem um horário definido para estudar
  • Evite ficar sem um repertório  para estudar
  • Evite distrações na hora do estudo
  • Não marque nada no mesmo horário
  • Evite estudar de qualquer maneira

Essas são algumas dicas que podem fazer uma enorme diferença nos seus estudos, isso se você segui-las.

Muitos podem até dizer que tem o dom para coisa e não precisa estudar, mas eu acredito que todo dom precisa ser trabalhado para que ele se desenvolva mais rapidamente. Se você deixar o dom que tem de lado, de nada adianta ter um dom se você não o pratica.

DOM X ESFORÇO, NOS ESTUDOS 


Vou dar um exemplo aqui de uma pessoa que tem o dom para ser um grande músico, mas ele não estuda só tira música de ouvido quando da na telha, ele (a) passa a maior parte do seu tempo atoa se distraindo com bobeiras. E  a outra que não tem dom, mas é esforçada, passa horas estudando de forma correta e organizada com foco nos seus objetivos. Pratica diariamente e não perde tempo com coisas inúteis, agora quero te fazer uma pregunta, quem você acha que vai crescer musicalmente mais rápido? 




Conclusão


Peço que reflita nessas palavras e veja se você esta estudando corretamente, veja se você esta evoluindo da maneira que você estuda. Se você precisa de mais ajuda eu criei um mini curso por email para quem estiver interessado, nele eu passo mais detalhadamente como você deve estudar. Se este conteúdo foi útil para você deixe seu comentário, pois desejo que você cresça musicalmente. 



CONTINUE LENDO..

Triton extreme um poderoso teclado da Korg

Dando continuidade  a nossa série falando um pouco alguns teclados, nesse artigo irei falar sobre o chamado fenômeno azul da Korg. Você que gosta de se informar sobre teclados musicais, vai adorar! Esse teclado realmente é potente, ele vem com circuito valvulado, duas portas USB, entrada e saída digitais e muito mais.
Ele possui um designer chamativo e robusto, além de um som maravilhoso. Você pode estar se perguntando agora, será que esse teclado é tão bom assim ou ele esta exagerando um  pouco? Para sanar a sua dúvida vamos conhecer um pouco desse teclado para ver se ele é mesmo isso tudo mesmo. Agora vamos conhecer alguns dos seus muitos recursos.



QUERO TE CONVIDAR A PARTICIPAR DO GRUPO DE TECLADISTAS MUSICALLEIZER



O QUE O TRÍTON EXTREME NOS OFERECE


Teclado-tritonExtreme

Para começar ele já nos oferece 160 MB de RAM com novas amostras, como: Guitarras expressivas
( acústicas, ambas e elétrica ), sons de instrumentos de madeira e metal, capturado com seu vibrato natural, órgãos vintages, corais autênticos e um belo som de piano d cauda novo. A quantidade de som que ele apresenta é imensa, são muitos timbres a se explorar, são 1280 combinações, cada uma delas vem com 8 programas com divisões de teclado, 1344 programas e 50 DRUM KITS, bancos de som GM NINE 2, com 256 programas e 9 DRUM kits, você passaria horas pesquisando cada som que ele pode te oferecer.

ENORME POTÊNCIA NA CRIAÇÃO DE SONS


O tríton extreme da Norg vem com dois geradores de sons idênticos que se combinam para fornecer uma polifonia de 120 vozes, é muita tecnologia, não acha? Também acho que eu falando fica meio suspeito, por isso estou colocando logo a baixo um vídeo , para que você possa ouvir os sons que esse fabuloso teclado é capaz de reproduzir e assim você pode tirar suas próprias conclusões.




Bem, o que você achou? Deu para sentir a qualidade dos muitos recursos que ele oferece? Arranjadores polifônicos duplos que disparam cascatas de notas, mantendo o som grave,pattern com dedilhados de violão. Quero dizer que estou resumindo ao máximo a grandiosidade deste teclado, para falar totalmente de tudo que ele oferece, teria que publicar com certeza vários outros artigos.


ALGUMAS ESPECULAÇÕES SOBRE O TECLADO TRÍTON EXTREME


tritonExtreme

Bom, pelo fato tríton ser um teclado da geração de 2005, alguns tecladistas dizem que ele esta ultrapassado e desvalorizado, isso se deu devido aos novos lançamentos, alguns alguns querendo trocar ou comprar o M50, o M3 entre outros, mas o tríton extreme é um baita teclado e ao meu ver ele não esta nada desvalorizado. Se você pesquisar o preço dele no Google, você verá que ele não é tão barato assim, sua faixa de preço esta entre R$ 4.000,00 a R$ 5.000,00, isso mostra o seu potencial no mercado.


CONCLUSÃO

Espero que você esteja gostando dessas séries sobre teclados, com certeza ela irá ajudar àqueles que pretendem comprar ou rocar o seu teclado por um desses modelos vistos aqui. Se você tem interesse em conhecer um pouco sobre teclado, esta no lugar certo, deixe seu comentário, pois será muito útil para quem sabe futuros artigos!


Abraços!
curso kit violão completo

CONTINUE LENDO..

Como resolver falhas no teclado

Hoje vou falar de algo que tem incomodado muitos tecladistas, são as falhas no teclado. Não sei se você já passou por essa situação, quando você mais precisa do teclado ele começa a falhar. Você pode estar se perguntando, como assim?
Isso mesmo com o passar dos anos  o teclado pode apresentar alguns defeitos e falhas que deixam o tecladista louco. Nesse artigo você vai conhecer alguns desses defeitos e falhas que os teclados podem apresentar e como resolver alguns deles.

QUE TIPOS DE FALHAS UM TECLADO PODE APRESENTAR


Teclado musical


São diversos tipos de falhas que posso exemplificar aqui para você. Vou organizá-las:

  • Falhas de teclas;
  • O teclado não liga;
  • Problemas no visor;
  • Botão de comando não funciona;
  • O som não sai, entre outros.
São esse e outros tipos de problemas que tiram a gente do sério, então vamos falar sobre cada um deles e dar dicas de como resolver esses problemas que nos deixam desesperados e no nervosismo não conseguimos solucionar. Preste bastante atenção, caso um desses problemas aconteça com você.

FALHAS NAS TECLAS



teclas de teclado


Nada mais chato para um tecladista, do que pressionar alguma tecla do seu teclado e ela simplesmente não funcionar. Você tentar fazer um solo, tocar determinada escala e a tecla NADA.

CAUSAS- Muitas vezes esse problema é causado por sujeira na placa principal, ou você pode ter derramado algum líquido que afetou o sistema da placa, ou ainda pode ser o desgaste da borracha que faz contato com a placa.

SOLUÇÃO- 
  • Bom, se você não tem nenhum conhecimento técnico o melhor mesmo é vender e apresentar o problema para o próximo proprietário do teclado, isso garante você não ter problemas futuros. 
  • Outra opção é a troca em lojas que são próprias para esse procedimento, para aparelhos usados, nessas lojas geralmente eles também vendem, dai você pode estar dando o seu aparelho como entrada e ir pagando a diferença. 
  • Agora se você tem conhecimento técnico, você pode estar abrindo o seu teclado ´ver qual é o problema que ele esta apresentando. 
  • Se for a borracha gasta, ela você encontra nas lojas de instrumentos e posteriormente estar trocando. 
  • A sujeira se resolve com uma boa limpeza usando pincel. 
  • Se você derramou algum líquido e esta uma crosta da peça, indico que passe uma borracha de escola para a retirada dessa crosta. e depois o pincel para tirar o resíduo da borracha. Depois é só fechar o teclado e ver se a limpeza deu certo.

O TECLADO NÃO LIGA



Por incrível que pareça isso acontece, já recebi alguns e-mails de pessoas que não estavam conseguindo ligar o seu aparelho. Um fato curioso que eu ainda não sabia, foi de uma pessoa que dizia que seu teclado não tinha fonte de alimentação e que no manual dizia que o teclado dela ligava somente se conectado ao PC, via USB.
Eu nunca tinha ouvido falar de um teclado assim e não vejo nenhuma vantagem em ter um desses, se você tem um desses peço para que veja as vantagens e desvantagens em tê-lo.

CAUSAS- O teclado pode não ligar devido a tomada onde ele esta ligado, estar sem energia, o fio do adaptador pode estar quebrado, botão de energia desligado. Não vou me aprofundar muito nesse assunto pois assim não teríamos tempo de falar de outros problemas.

SOLUÇÃO- 
  • Se for a tomada ruim, procure outra e teste a fonte;
  • Se for o cabo da fonte quebrado, tente achar o ponto onde o cabo quebrou e faça uma emenda, ou compre outro;
  • Se for o botão desligado, ligue-o.

PROBLEMAS COM O VISOR


visor do teclado

Quando você tem aquele teclado com visor de cristal liquido bonito, com um designer maravilhoso, luminoso e do nada tudo apaga, nada acende, dá uma raiva, não é verdade?
Nesse caso eu só vejo duas opções para você resolver o seu problema, venda ou troca. Ah! você também pode estar levando ele para uma autorizada, mas já vou logo avisando, acho que não vale a pena pagar para consertar, pois vai ficar um pouco salgado o preço e ainda se esse problema para você não for um bicho de sete cabeças, você continua com ele desse jeito mesmo.


BOTÃO DE COMANDO NÃO FUNCIONA


Botão de teclado

Esse também é outro problema que pode acontecer por diversos fatores, como por exemplo: 

CAUSAS: Sujeira na placa que da aceso a este botão, energia, borracha de contato ruim etc...

SOLUÇÃO: 
  • Se for sujeira ou crosta na placa, use a dica que dei acima na parte de teclas falhando.
  • Se for queda de energia ou algo do tipo, verifique a energia do ambiente que você esta, use um filtro de linha ou até mesmo um estabilizador de voltagem.
  • Se for a borracha do botão  que esta ruim, já falei como resolver isso acima é só volta até o ponto onde falei sobre isso.

O SOM DO TECLADO NÃO ESTA SAINDO PELO AUTO-FALANTE


As vezes queremos estudar no teclado mas ao ligar o teclado não sai som nenhum a primeira coisa que pensamos é queimou o teclado, o pode causar esse problema? 

CAUSAS: Realmente pode ter queimado os auto falantes, fone,sujeira e mais.

SOLUÇÃO:

  • Se for o auto falante queimado e só você trocar se tiver experiência nisso, se não compre outro mas não se assuste é muito difícil um auto falante desses queimar.
  • Se for o fone, pode ser que você esqueceu o fone de ouvido conectado ao teclado ou  apenas o plug para fone conectado.
  • Se for sujeira você terá que abrir o teclado e limpar os auto falantes e com um pincel, mas muito cuidado se você não  tem experiência com isso não faça esse procedimento por que ao invés de você melhorar o seu teclado você vai piorar sua situação estragando seu instrumento. O correto é levar em uma autorizada ou lugar especifico que faça esse trabalho.

CONCLUSÃO


Espero que este artigo tenha te ajudado em alguma coisa, continue acompanhando a Musical Leizer pois toda semana tem conteúdo novo para ajudar no seu crescimento musical. Também espero que com essas dicas você economize um pouquinho e não precise compra um teclado novo sem necessidade, se este artigo te ajudou deixe o seu comentário sobre a sua experiência.
CONTINUE LENDO..

CONHECENDO O TECLADO MUSICAL CASIO CTK530

Hoje vamos iniciar uma série nova aqui na Musical leizer, a pedido de nossos leitores.
Sei que existem muitos tecladistas com dúvidas sobre teclados em relação  a timbre, sonoridade , programação, design, recursos do teclado entre outras coisas que um teclado pode oferecer. Lembrando que não vou falar de todos os teclados, porque até então são muitos teclados diversas marcas, diversos fabricantes enfim.

Qual o meu objetivo em fazer esses tipos de conteúdos! Como eu disse acima, meu objetivo é ajudar aqueles que não conhece as funções do teclado e não tem nenhuma informação sobre o produto pois não tem certeza se o teclado que ele(a) vai comprar vai suprir as suas necessidades no momento.

VOCÊ PRECISA MESMO DE UM TECLADO NOVO? 


O motivo que leva  muitos tecladistas a comprarem um teclado novo são várias, desde falhas no teclado "o que vou falar em outro artigo", a simples vaidade  que muitas das vezes não é necessário. Também temos os iniciantes que estão a procura de um teclado que de para estudar, com um preço bacana por isso quero que você que  acompanha a Musical Leizer seja bem informado antes de comprar o seu teclado. Vamos ao nosso primeiro teclado desta série.

TECLADO CASIO CTK 530

Bom nosso primeiro teclado será o ctk-530 da casio, um modelo antigo mas para quem esta iniciando seus estudos de teclado ele e muito bom. Vamos conhecer um pouco do teclado, começando com o painel de controle.




PAINEL DE CONTROLE  DO CTK- 530 



Vamos começar da esquerda para direita, o primeiro botão é o power:

  • Power - Serve para ligar e desligar o teclado
  • Mode - Serve para selecionar 4 formas de acompanhamento, que são: Casio chord - fingered- full range chord 1 - full range chord 2
  • Main volume - Aumentar e Diminuir o volume do teclado.
  • Accomp volume - Serve para aumentar e diminuir i volume do acompanhamento
  • Tempo - Altera o tempo.
  • Intro/ Fill-in - Faz uma introdução do acompanhamento e uma variação no ritmo.
  • Synchro/ Ending - Serve para finalizar o acompanhamento.
  • Display - para ver o que você esta usando.
  • Rhythm- Botão de rítmos
  • Tone- Botão de timbres
  • Painel numérico - Para mudar o timbre ou o ritmo e outras funções.
  • Touch response - Quando ligado serve para ativar a função de resposta do instrumento esse recurso é ótimo para trabalhar a dinâmica da música, podendo tocar uma música não ultrapassando o limite de 5 oitavas.
  • Demo - Demostração
  • 64 Tones - São 64 timbres para explorar
  • 64 RHYTHMS - 64 Ritmos a sua disposição.


PAINEL FRONTAL DO TECLADO CASIO CTK 530





Ele vem com uma entrada para adaptador, uma entrada para fone de ouvido e cabo p2, Entrada Midi in e Midi out. Acho  um teclado muito bom para estudar música e para iniciantes tem uns timbres razoavelmente bons. Sei que pode ser difícil  encontra-lo em algumas lojas de instrumento musical, pelo fato de ser um teclado antigo mas você pode encontrar em algumas casas de instrumentos usados. Agora se você já toca teclado e quer evoluir mais tocando em uma banda ou na igreja, recomento que compre um teclado com mais recursos.

CONCLUSÃO

Espero que este artigo te ajude a conhecer um pouco desse instrumento, e lembrando se você ainda não sabe como estudar. Fiz um guia passo a passo de como você deve se organizar para estudar, não se preocupe este guia é totalmente gratuito.



CONTINUE LENDO..

▲ Topo